domingo, 16 de setembro de 2018

O aroma é mel

When Kadamba flowers are blooming, and a gentle breeze carry their aroma, due to the aroma, the bees also fly in the breeze, thinking that the aroma is honey.

Rādhe !!! Rādhe !!!

Perante Rādhā e Kṛṣṇa


Photo: Vṛndāvana !!! Vṛndāvana !!! Girl ready to make a garland of Kadamba flowers.

“In Vṛndāvana, the trees and creepers are wonderful because throughout the entire year they produce all kinds of fruits and flowers. The Gopīs and maidservants in the bowers of Vṛndāvana picked these fruits and flowers and brought them before Rādhā and Kṛṣṇa."

(Śrī Caitanya-caritāmṛta - Antya-līlā - 18.102)

Guirlanda de flores Kadamba


"One day while Kṛṣṇa was awaiting the arrival of Śrīmatī Rādhārāṇī by the bank of the Yamunā, He began to make a garland of Kadamba flowers."

(Bhakti-rasāmṛta-sindhu - 2.1.258)

Ratha-Yātrā Lisboa 2018


A distribuir convites para o Ratha-Yātrā Lisboa 2018. 

Já foram todos !!!

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Yaśodā-vatsala


Yaśodā-vatsala, Ele que tem muita afeição por Sua mãe Yaśodā !!!

Yaśodā-vatsala, He who is very much affectionate towards His mother Yaśodā !!!

Kañjalocana

Foto: Meu Nikuñja-vihārī, Ele que tem olhos de lótus (Kañjalocana)

"Querida amiga Sakhī, por favor, decore rapidamente a floresta e organize tudo para os passatempos do Senhor.

Decore a cama com flores. Faça uma guirlanda de flores esplêndida como jóias.

Traga a caixa de jóias de nozes de betel e o tecido de seda amarelo para a cama.

Saiba que o Senhor Mādhava, que é sempre fiel à Sua palavra, virá rapidamente sem ser impedido por nada."

(Śrīla Rūpa Gosvāmī - Stava-mālā)

2018 Śrī Kṛṣṇa-janmāṣṭamī Maha-mahotsava Kī Jaya !!!

Photo: My Nikuñja-vihārī, the lotus eyed One(Kañjalocana)

"Dear Sakhī friend, please quickly decorate the forest and arrange everything for the Lord's pastimes.

Decorate the bed with flowers. Make a flower garland splendid as a string of jewels.

Bring the jeweled box of betel nuts and the yellow silk cloth for the bed.

Know that Lord Mādhava, who is always true to His word, will quickly come without being stopped by anything."

(Śrīla Rūpa Gosvāmī - Stava-mālā)

2018 Śrī Kṛṣṇa-janmāṣṭamī Mahā-mahotsava Kī Jaya !!!

domingo, 2 de setembro de 2018

O ladrão de corações

Foto: Meu Nikuñja-vihārī, o ladrão de corações.

"Rādhā, diga-me a causa da Sua doença. Por que o Seu corpo está tão quente, como se um fogo terrível queimasse dentro dele?"

(Śrīla Rūpa Gosvāmī - Stava-mālā)

2018 Śrī Kṛṣṇa-janmāṣṭamī Maha-mahotsava Kī Jaya !!!

Photo: My Nikuñja-vihārī, the stealer of hearts.

"Rādhā, tell me the cause of Your disease. Why is Your body so hot, as if a terrible fire blazes within it?"

(Śrīla Rūpa Gosvāmī - Stava-mālā)

2018 Śrī Kṛṣṇa-janmāṣṭamī Mahā-mahotsava Kī Jaya !!!

2018 Śrī Kṛṣṇa-janmāṣṭamī


2018 Śrī Kṛṣṇa-janmāṣṭamī Maha-mahotsava Kī Jaya !!!

"Yaśodā deu à luz um filho nobre. Ela trouxe grande alegria para os Gopas.

Ó Nandarāja, um filho maravilhosamente bonito, nasceu para si. Por favor, dê caridade ao povo de Vraja nesta ocasião festiva.

Os corações daqueles como eu, anseiam pelo tesouro de visão prazerosa do seu filho."

(Śrīla Rūpa Gosvāmī - Stava-mālā)

2018 Śrī Kṛṣṇa-janmāṣṭamī Mahā-mahotsava Kī Jaya !!!

"Yaśodā has given birth to a noble son. She has brought great joy to the Gopas.

O Nandarāja, a wonderfully handsome son is now born to you. Please give charity to the people of Vraja on this festive occasion.

The hearts of those like me hanker for the treasure of the blissful sight of your son."

(Śrīla Rūpa Gosvāmī - Stava-mālā)

domingo, 26 de agosto de 2018

Balarāmajī, ávido por servir.


Foto: Nanda Mahārāja com Kṛṣṇa e Balarāma ao colo a reciprocar sentimentos em Vātsalya-rasa.

Śrī Balarāmajī, é Deus que serve.

Śrī Balarāmajī é tão ávido por servir, é tão desejoso de prestar serviço, que expande-se em todas as Rasas. 

Múltiplos Svarūpas: 

Balarāma = Nityānanda = Anaṅga Mañjarī

Na canção Antare nitāi bāhire nitāi, Śrīla Vṛndāvana Dāsa Ṭhākura diz:

rādhāra mādhuri anaṅga mañjarī nitāi nitu se seve
koṭi śaśadhara vadana sundara sakhā sakhī baladeve

"Nitāi como Anaṅga Mañjarī serve eternamente a doce Śrīmatī Rādhikā. Ele não é diferente de Baladeva, cujo belo rosto se assemelha a milhões de luas. E Baladeva está cercado por Sakhas e Sakhīs."

Balarāma Pūrṇimā 2018 Kī Jaya !!!

Photo: Nanda Mahārāja with Kṛṣṇa and Balarāma on his lap sharing feelings in Vātsalya-rasa.

Śrī Balarāmajī, is God who serves.

Śrī Balarāmajī is so eager to serve, He is so eager to render service, that He expands Himself in all the Rasas.

Multiple Svarūpas:

Balarāma = Nityānanda = Anaṅga Mañjarī

In the song Antare nitāi bāhire nitāi, Śrīla Vṛndāvana Dāsa Ṭhākura says:

rādhāra mādhuri anaṅga mañjarī nitāi nitu se seve
koṭi śaśadhara vadana sundara sakhā sakhī baladeve

"Nitāi as Anaṅga Mañjarī eternally serves sweet Śrīmatī Rādhikā. He is non-different from Baladeva, whose beautiful face resembles millions of moons, and Baladeva is surrounded by Sakhas and Sakhīs."

Balarāma Pūrṇimā 2018 Kī Jaya !!!

terça-feira, 21 de agosto de 2018

O que Srila Prabhupada instituiu?


O que Srila Prabhupada instituiu?

Alguém poderá afirmar que Srila Prabhupada inspirou entusiasmo espontâneo em seus seguidores por incentivá-los a ir para Goloka Vrndavana e que portanto só com isto já estamos na plataforma de Raga, não sendo necessário especificar uma relação com Krsna e adoptar um processo especial que Srila Prabhupada nunca instituiu.

Isto NÃO é assim. Sim, Srila Prabhupada inspirou entusiasmo espontâneo em seus seguidores por incentivá-los a ir para Goloka Vrndavana. MAS Srila Prabhupada TAMBÉM deixou bem claro que para isto é necessário cultivar uma relação (Rasa) específica. 

O que Srila Prabhupada não instituiu de facto na Iskcon foi a iniciação Diksa Pranali. E porque ele não institui, de forma alguma isto será instituido. Isto é muito claro.

Agora, a orientação que Srila Prabhupada deu acerca deste tema, deve ser seguida. E a orientação, e o que ele instituiu é que além de almejar ir para Goloka Vrndavana, o praticante deve especificar um relacionamento (Rasa) e servir internamente com seu Siddha-rupa. 

E isto é assim, devido a que um Bhakta não será capaz de amadurecer sua relação amorosa com Krsna ... se não existe o cultivo de uma relação específica !!!

Sem esta relação específica cultivada DESDE Sadhana Bhakti, o praticante não será capaz de avançar para as etapas posteriores de Bhava Bhakti e posteriormente Prema Bhakti.

O caminho instituido por Srila Prabhupada e os Acaryas é Sadhana Siddhi. 

Krpa Siddhi é desejada ... PORQUE se executa o Sadhana completo instituido por Srila Prabhupada. O Bhakta executa o Sadhana completo e espera por misericórdia (Krpa).

"Evidentemente, em casos especiais, existe um favor especial de Krsna, e embora devamos sempre esperar por isto, não devemos simplesmente sentar e esperar pela misericórdia especial de Krsna; os deveres regulares devem ser executados." (Srila Prabhupada - Néctar da Devoção 17)

sādhanābhiniveśena kṛṣṇa-tad-bhaktayos tathā 
prasādenātidhanyānāṁ bhāvo dvedhābhijāyate 
ādyas tu prāyikas tatra dvitīyo viralodayaḥ 
||1.3.6||

"Bhāva aparece em pessoas muito afortunadas de duas maneiras: por absorção em Sādhana, ou pela misericórdia de Kṛṣṇa ou Seu devoto. O aparecimento de Bhāva através de Sādhana é normal. O seu aparecimento através de misericórdia é muito raro." (Śrī Bhakti-rasāmṛta-sindhu 1.3.6)

Isto é o que foi instituido por Srila Prabhupada. 

Só isto, nada mais e nem nada menos do que isto.

"Hamsadutta: Então Prabhupada, um devoto neófito, ele pode pensar que poderia ser muito bom ser um amigo de Krsna, mas ele poderá realmente ser uma folha de grama e ele estará totalmente satisfeito quando chegar a este estágio?

Prabhupada: Não. Se ele pensa assim, então ELE (o devoto neófito) DEVE CULTIVAR este conhecimento desta forma. Sim. Isto é descrito no Néctar da Devoção e Ensinamentos do Senhor Caitanya.

Hamsadutta: Mas esta pode não ser a sua posição actual. Pode ser uma outra?

Prabhupada: Não. Mas quando, no MOMENTO do serviço devocional (Sadhana Bhakti), se tal ímpeto vem, isso significa que ele tem esta relação. E ELE DEVE desenvolvê-la. Isto é tudo. Isto significa que a relação real com Krsna está A SURGIR gradualmente. Está sendo desenvolvida. Então, É PRECISO desenvolvê-la, seguindo OS PASSOS DOS AMIGOS de Krsna em Vrindavana. Isto é descrito aqui.

Hamsadutta: Suponha que alguém está satisfeito simplesmente por relacionar-se com o mestre espiritual.

Prabhupada: Isto é assunto de todos. Um assunto de todos. Isso NÃO É UM gosto particular. Isto é o dever de todos os devotos." (Palestra Srimad-Bhagavatam 6.3.16-17, Gorakhpur, 18 de fevereiro de 1971)

sevā sādhaka-rūpeṇa
siddha-rūpeṇa cātra hi
tad-bhāva-lipsunā kāryā
vraja-lokānusārataḥ

“No reino transcendental de Vraja [Vraja-dhāma] deve-se servir ao Senhor Supremo, Śrī Kṛṣṇa, com um sentimento semelhante ao de Seus associados, e deve-se colocar sob a orientação directa de um associado particular de Kṛṣṇa e deve-se seguir seus passos. O devoto deve executar serviço externamente como um devoto regulado, bem como internamente (COM O SIDDHA RUPA) a partir de sua posição auto-realizada. Assim, ele deve realizar serviço devocional tanto externamente quanto internamente. Este método é aplicável TANTO no estágio de Sādhana [práticas espirituais executadas enquanto no estágio condicionado] QUANTO no estágio de Sādhya [realização de Deus], quando alguém é um Siddha-puruṣa, ou uma alma espiritualmente perfeita.” (Tradução de Srila Prabhupada do Bhakti-rasāmṛta-sindhu 1.2.295)

"Neste estágio, o devoto pode seguir os passos DE UM DOS ASSOCIADOS eternos de Kṛṣṇa em Vṛndāvana. Isso é chamado Rāgānuga-bhakti." (Srila Prabhupada - Upadesamrta 8) 

Como alguém poderá dizer que Srila Prabhupada não instituiu a importância de cultivar uma relação (Rasa) específica? E que basta simplesmente almejar ir para Goloka Vrndavana esperando por Krpa Siddhi e já se está na plataforma de Raga?

Não, não é assim. E portanto, Srila Prabhupada instituiu isto através dos seus livros e conversas. 

Portanto Srila Prabhupada instituiu 3 coisas em relação a isto:

1 - Serviço espontâneo - eu estou com os devotos e tenho muito gosto em servir a missão porque eu quero e não porque sou obrigado.  

2 - Almejar ir para Vrndavana e não para Vaikuntha, Kailasa, ou outro destino espiritual qualquer.

3 - Cultivar um relacionamento (Rasa) específico com Krsna por prestar serviço interno com o Siddha-rupa (sevā sādhaka-rūpeṇa siddha-rūpeṇa cātra hi) desde a etapa de Sadhana Bhakti. 

Estes 3 pontos deverão ser observados. Não somente 1 ou 2. Não. Os 3 pontos.

What did Srila Prabhupada institute?

One may say that Srila Prabhupada inspired spontaneous enthusiasm in his followers for encouraging them to go to Goloka Vrndavana and that because of this we are already on the platform of Raga, not having to specify a relation with Krsna and adopt a special process that Srila Prabhupada never established.

This is NOT so. Yes, Srila Prabhupada inspired spontaneous enthusiasm in his followers for encouraging them to go to Goloka Vrndavana. BUT Srila Prabhupada ALSO made it very clear that for this it is necessary to cultivate a specific (Rasa) relation.

What Srila Prabhupada did not actually institute on Iskcon was the initiation Diksa Pranali. And because he does not institute, it will in no way be instituted. This is very clear.

Now the guidance that Srila Prabhupada gave on this subject must be followed. And the guidance, and what he instituted is that in addition to aiming to go to Goloka Vrndavana, the practitioner must specify a relationship (Rasa) and serve internally with the Siddha-rupa.

And this is so, because a Bhakta will not be able to mature his love relationship with Krsna ... if there is no cultivation of a specific relationship !!!

Without this specific relationship cultivated SINCE Sadhana Bhakti, the practitioner will not be able to advance to the later stages of Bhava Bhakti and subsequently Prema Bhakti.

The path instituted by Srila Prabhupada and the Acaryas is Sadhana Siddhi.

Krpa Siddhi is desired ... BECAUSE it is performed the complete Sadhana instituted by Srila Prabhupada. The Bhakta performs complete Sadhana and waits for mercy (Krpa).

"In special cases, of course, there is special favor from Kṛṣṇa, and although we should always expect that, we should not sit idly and simply wait for Kṛṣṇa's special mercy; the regular duties must be performed." (Srila Prabhupada - Nectar of Devotion 17)

sādhanābhiniveśena kṛṣṇa-tad-bhaktayos tathā 
prasādenātidhanyānāṁ bhāvo dvedhābhijāyate 
ādyas tu prāyikas tatra dvitīyo viralodayaḥ 
||1.3.6||

“Bhāva appears in very fortunate persons in two ways: by absorption in Sādhana, or by the mercy of Kṛṣṇa or His devotee. Its appearance by Sādhana is normal; its appearance by mercy is rare.”

This is what was instituted by Srila Prabhupada.

Just this, nothing more and nothing less than this.

"Haṁsadūta: So Prabhupāda, a neophyte devotee, he may think it might be very nice to be Kṛṣṇa's friend, but he may actually be a blade of grass, and be fully satisfied when he comes to that stage.

Prabhupāda: No. If HE (a neophyte devotee) thinks like that, then he SHOULD CULTIVATE  that knowledge in that way. Yes. That is described in The Nectar of Devotion and Teachings of Lord Caitanya.

Haṁsadūta: But that may not be his actual position. It may be something else.

Prabhupāda: No. But when, at THE TIME of devotional service, if such impetuses come, that means he has got such relation. It is TO BE developed. That's all. That means the actual relationship with Kṛṣṇa IS COMING out gradually. It is being developed. So one has to develop it, following the FOOTSTEPS of the Kṛṣṇa's FRIENDS in Vṛndāvana. These are described here. 

Haṁsadūta: Suppose someone is satisfied simply being related with the spiritual master.

Prabhupāda: That is everyone's business. Everyone's business. THAT IS NOT a particular taste. That is the duty of all devotees." (Lecture Srimad-Bhagavatam 6.3.16-17, Gorakhpur, 18/02/1971)

sevā sādhaka-rūpeṇa
siddha-rūpeṇa cātra hi
tad-bhāva-lipsunā kāryā
vraja-lokānusārataḥ

"In the transcendental realm of Vraja [Vraja-dhāma] one should serve the Supreme Lord, Śrī Kṛṣṇa, with a feeling similar to that of His associates, and should be placed under the direct guidance of a particular associate of Kṛṣṇa and one should follow in his footsteps. The devotee must perform service externally as a regulated devotee as well as internally (WITH THE SIDDHA RUPA) from his self-realized position. Thus, he must perform devotional service both externally and internally. This method is applicable BOTH to the stage of Sādhana (spiritual practices performed while in the conditioned stage) AS IN the Sādhya stage, when one is a Siddha-puruṣa, or a spiritually perfect soul." (Srila Prabhupada Bhakti-rasāmṛta-sindhu 1.2.295)

"At that stage the devotee can follow in the footsteps OF ONE OF THE ETERNAL associates of Kṛṣṇa in Vṛndāvana. This is called Rāgānuga-bhakti." (Srila Prabhupada - Upadesamrta 8)

How can one say that Srila Prabhupada did not institute the importance of cultivating a specific relationship (Rasa)? And that it is enough simply to aim to go to Goloka Vrndavana waiting for Krpa Siddhi and that is already the platform of Raga?

No, it is not so. Srila Prabhupada instituted this through his books and conversations.

Therefore Srila Prabhupada instituted 3 things in relation to this:

1 - Spontaneous service - I am with the devotees and I have great pleasure in serving the mission because I want and not because I am obliged.

2 - Desire to go to Vrndavana and not to Vaikuntha, Kailasa, or any other spiritual destination.

3. Cultivate a specific relationship with Krsna for performing inner service with the Siddha-rupa (sevā sādhaka-rūpeṇa siddha-rūpeṇa cātra hi) since the stage of Sadhana Bhakti.

These 3 points should be observed. Not only 1 or 2. No. The 3 points.

sábado, 18 de agosto de 2018

Demônios depois da Rasa-lila


Foto: Dhenukasura, o demônio em forma de asno, o qual representa o Anartha da relutância em ler os Acaryas anteriores e nem permitir que outros o façam. 

Remoção dos Anarthas !!!

Demônios mortos ANTES da Rasa-lila:

Putana (pseudo-Guru que ensina falsas concepções), Sakatasura (maus hábitos anteriores, letargia), Trnavarta (orgulho de educação material), as árvores de Yamala-Arjuna (orgulho de aristocracia), Vatsasura (ganância material), Bakasura (duplicidade), Aghasura (crueldade e violência), a ilusão de Brahma (escolasticismo especulativo), Dhenukasura (relutância em ler Acaryas anteriores), Kaliya (brutalidade e traição), o incêndio florestal (sectarismo, só a minha sociedade), Pralambasura (desejo ardente por desfrute pessoal), os Yajnika-brahmanas (orgulho de Varnasrama), Indra (adoração de semideuses), Varuna (intoxicação)

Demônios mortos DEPOIS da Rasa-lila:

Sankhacuda (desejo de adquirir fama e mulheres), cobra que engoliu Nanda Maharaja (impersonalismo), Aristasura (orgulho que surge de religião trapaceira), Kesi (sentimento de ser um grande devoto ou Acarya), Vyomasura (associação com ladrões e falsos Avataras)

Os diferente demônios mortos por Krsna (e Balarama) representam diferentes Anarthas.

Ele matou diferentes demônios antes de executar a Dança da Rasa. Com isto, alguns conjecturam que seria necessário eliminar estes Anarthas, os quais foram executados antes da Dança da Rasa, para que alguém fosse apto para Raganuga Sadhana Bhakti. O que realmente é conveniente.

No entanto, depois de executar a Dança da Rasa, Krsna também matou mais demônios. 

Ou seja, isto demonstra que mesmo depois de ter iniciado o caminho de Raganuga Sadhana Bhakti (e consequente meditação interna com o Siddha-rupa), o praticante não é um devoto "livre de todos" os Anarthas. 

E nem estar "livre de todos" os Anarthas é o que levaria o praticante a iniciar Raga Marga. 

O único requisito para iniciar tal caminho é o despertar de Lobha, ou um interesse por seguir os habitantes de Vraja. Nada mais do que isto.

Anarthas acompanham o praticante até a etapa de Prema !!! 

Photo: Dhenukasura, the ass demon, who represents the Anartha of reluctance to read the previous Acaryas and not allow others to do so.

Removal of Anarthas !!!

Demons killed BEFORE Rasa-lila:

Putana (pseudo-Guru who teaches false conceptions), Sakatasura (previous bad habits, lethargy, dullnes), Trnavarta (pride arising from material scholarship), the Yamala-Arjuna trees (pride from puffed-up aristocracy), Vatsasura (material greed), Bakasura (duplicity), Aghasura (cruelty and violence), the illusion of Brahma (speculative scholasticism), Dhenukasura (reluctance to read previous Acaryas), Kaliya (brutality and treachery), the forest fire (sectarianism, only my society), Pralambasura (lusty desire for personal enjoyment), the Yajnika-brahmanas (pride from Varnasrama), Indra (demigod worship), Varuna (intoxication)

Demons killed AFTER Rasa-lila:

Sankhacuda (desire to acquire fame and women), snake that swallowed Nanda Maharaja (impersonalism), Aristasura (pride arising from cheating religion), Kesi (feeling of being a great devotee or a great Acarya), Vyomasura (associating with thieves and false Avataras)

The different demons killed by Krsna (and Balarama) represent different Anarthas.

He killed different demons before performing Rasa Dance. With this, some conjecture that it would be necessary to eliminate these Anarthas, which were executed before the Rasa Dance, so that one would be fit for Raganuga Sadhana Bhakti. What really is convenient.

However, after performing Rasa Dance, Krsna also killed more demons.

That is, this shows that even after initiating the path of Raganuga Sadhana Bhakti (and consequent internal meditation with the Siddha-rupa), the practitioner is not a devotee "free from all" the Anarthas.

And not even being "free of all" the Anarthas is what would lead the practitioner to start Raga Marga.

The only requirement to begin such a journey is the awakening of Lobha, or an interest in following the inhabitants of Vraja. Nothing more than that.

Anarthas accompany the practitioner to the Prema stage !!!

domingo, 12 de agosto de 2018

Caminho disponível

Há muitos caminhos descritos nas escrituras Védicas. No entanto, devemos saber que o processo autêntico de Rāgānugā-sādhana-bhakti, proposto por Śrī Kṛṣṇa Caitanya Mahāprabhu e os seis Gosvāmīs de Vṛndāvana, é o único e mais genuíno caminho disponível para a entidade viva nesta Kali-yuga.

There are a lot of paths described in Vedic scriptures. However, one should know that the authentic process of Rāgānugā-sādhana-bhakti as propounded by Śrī Kṛṣṇa Caitanya Mahāprabhu and the six Gosvāmīs of Vṛndāvana is the single-most and the only genuine path available for the living entity in this Kali-yuga.

sábado, 11 de agosto de 2018

Alterações Climáticas

Photo: Australia.

Human action has an influence on the global climate. But other factors also have influence. There were already extreme climate changes in the pre-industrial era.



And of course, for those who are devotees, they know that climate change is due to the pollution and environmental destruction made by mankind, as well as other factors. And that all this occurs together due to the disconnection (non-execution of Yajna) of this same humanity with the Divine as Kali Yuga progresses.

Srimad Bhagavatam 12 The Age of Deterioration - 2 Symptoms of Kali Yuga

anāvṛṣṭyā vinaṅkṣyanti

"Struck by drought, they will become completely ruined."

Commentary: 

"Śrīmad-Bhāgavatam authoritatively describes the future of our planet. 

Just as a leaf disconnected from a plant or tree dries up, withers and disintegrates, when human society is disconnected from the Supreme Lord it withers up and disintegrates in violence and chaos. 

Despite our computers and rockets, if the Supreme Lord does not send rain we shall all starve."

End of commentary.

Also, it should be noted that the effects of Kali Yuga do not occur only in the last week of the 432,000 years.

But we began to feel its effects gradually well before.

Seminários em todos os Templos

Seminários e cursos de Sadhana-bhakti-TATTVA (Vaidhi-Raganuga) em TODOS os templos da Iskcon ao redor do mundo !!!

1 - É verdade que é necessário apresentar o processo devocional de uma maneira introdutória à uma sociedade espiritual grande e em expansão, que sempre tem novos devotos. Isto faz todo o sentido.

Mas também é necessário levar em consideração que esta mesma sociedade terá devotos maduros e mais experientes. E temos que pensar neles.

Srila Bhaktisiddhanta explica que depois de 15, 20 anos de processo, pode-se abordar estas questões.

Além disso, Srila Bhaktisiddhanta ajudou e orientou alguns de seus discípulos maduros sobre este assunto. Pode-se dizer que ele não abordou esta questão com Srila Prabhupada. Mas isto não invalida a necessidade que a maioria dos devotos em um dado momento terá que consultar com seus Gurus sobre este tema.

Tantos cursos e seminários são promovidos ... há cursos e seminários que são especificamente projectados para os Brahmacaris, outros para administradores, outros para Sannyasis, etc.

Da mesma forma, seminários devem ser promovidos apenas para devotos maduros, devotos com segunda iniciação, sobre o tema de Raganuga Bhakti. O livro que poderia ser usado nestes seminários seria o livro do querido discípulo de Srila Prabhupada, Uttamasloka Dasa Prabhu. Estes seminários deveriam ser realizados em todos os templos da Iskcon ao redor do mundo.

Link para o livro:


Não tem nada a ver com falar para o público em geral. Não, seria apenas entre os devotos. Com segunda iniciação, muitos com quase 40 anos de processo, 4 décadas. Eles são mais do que qualificados.

Nossa sociedade não pode ficar estagnada no tempo. Não é a mesma sociedade dos anos 60, 70 e 80. Mas isto não significa que tenhamos que introduzir algo novo. Não. Simplesmente uma realidade diferente.

O tema é tratado apenas entre devotos maduros e a prática externa não muda de forma alguma. Então, continua sendo uma sociedade discreta.

Sri Caitanya deu o exemplo. Não falar com o público em geral, mas falar entre os devotos.

No entanto, na Iskcon, não se fala sobre isto para o público em geral, o que é correcto, mas também não se fala entre os devotos.

E isto não pode ser.

2 - Se isto for feito em todos os Templos, não haverá mais medo político de que os devotos de fora da estrutura da gestão afirmem ser, ou sejam vistos como, os devotos mais avançados e esclarecidos, desestabilizando assim estruturas de poder.

3 - Raganuga Bhakti não tem nada a ver com erotismo. Externamente, não muda nada. Não é que os devotos comecem a se vestir com Saris. É uma prática interna. Externamente é a mesma coisa. Isto significa que o devoto serve internamente. E isto não muda a prática externa. Quanto mais serviço, melhor.

Se dissermos que Raganuga é apenas um detalhe e não é essencial. Mas se a nossa prática externa não muda, por que não fazê-lo? Quanto mais serviço, melhor.

4 - Se devotos não qualificados promovem isto (eles divulgam outras coisas também) isto não muda o facto de que quando um devoto publica coisas sobre Raganuga Bhakti (apenas para devotos e não para o público em geral), não é porque ele quer ser melhor do que outros, mas porque ele quer divulgar, compartilhar conquistas para o benefício de todos.

5 - Com relação à Rasa de Srila Prabhupada, não precisamos definir ou especular isto para praticar Raganuga na Iskcon. Srila Prabhupada foi muito discreto nesse sentido (embora pareça que em algum momento ele tenha definido isto). Mas é suficiente que o devoto inspire-se, como sendo seu Guru, um associado de Krsna como Subala, ou Rupa Manjari, etc. Como Uttamasloka Dasa Prabhu explica.

E Srila Prabhupada espera que seus seguidores avancem a este respeito.

"Vaidhī-bhakti, isto é aprendizagem. Bhakti verdadeira, parā-bhakti, isto é rāgānugā-bhakti. Esta rāgānugā-bhakti, temos que praticar depois de vaidhī-bhakti."

(Srila Prabhupada - Palestra sobre SB 1.2.33 - Vrndavana, 12 de novembro de 1972)

E Srila Prabhupada explica que Raganuaga Bhakti não é apenas para servir com o corpo externo (isto é apenas metade do processo), mas também para servir internamente.

"Nesse estágio, o devoto pode seguir os passos de um dos associados eternos de Kṛṣṇa em Vrndavana. Isso é chamado rāgānuga-bhakti."

[Srila Prabhupada - Upadesamrta 8]

6 - Quanto ao erotismo Sahajiya ou comunidades baseadas em experiências extáticas esotéricas.

Isto não é assim.

Houve um indivíduo chamado Rupa Kaviraja (não o nosso Rupa Gosvami) que proclamou que deveríamos, com o corpo externo, vestir-nos como uma Gopi e mostrar todos os êxtases e sintomas esotéricos.

Mas esta é uma especulação que nada tem a ver com o autêntico processo interno de Raganuga Bhakti ensinado por Sri Caitanya e Seus associados.

Srila Prabhupada Ki Jaya !!!

Sadhana-bhakti-TATTVA (Vaidhi - Raganuga) seminars and courses in ALL Iskcon temples around the world !!!

1 - It's true that it is necessary to present the devotional process in an introductory way to "the large, sprawling, and largely spiritual society" that has always new devotees. This makes perfect sense.

But it is also necessary to take into consideration that this same society will have mature and more experienced devotees, and we have to think about them.

Srila Bhaktisiddhanta explains that after 15, 20 years following the process, one can address these issues.

Also, Srila Bhaktisiddhanta helped and mentored some of his mature disciples on this subject. One may say that he did not address this issue with Srila Prabhupada. But this does not invalidate the need that most devotees at a given moment will have to consult with their Gurus about it.

So many courses and seminars are promoted ... there are courses and seminars that are specifically designed for Brahmacaris, others for administrators, others for Sannyasis, etc. 

Similarly, seminars should be promoted only for mature devotees, devotees with second initiation, on the subject of Raganuga Bhakti. The book that could be used in these seminars, would be Uttamasloka Dasa Prabhu's book, the dear disciple of Srila Prabhupada. These seminars should be held in all Iskcon temples around the world.

Link for the book:


It has nothing to do with talking to the general public. No, it would only be among devotees. With second initiation, many with almost 40 years of process, 4 decades. They are more than qualified.

Our society can not be stagnate in time. It is not the same society of the 60s, 70s and 80s. But this does not mean we have to introduce something new. No. Simply adapt to a different reality. 

The theme is only treated among mature devotees and the external practice does not change at all. So, it continues to be a discrete society.

Sri Caitanya set the example. Do not speak to the general public but speak among devotees.

However in Iskcon, there is no talk about this for the general public, which is correct, but also nor among devotees.

And this can not be.

2 - If this is done in all the Temples, there will be no more such thing as "political fear that devotees outside the management structure will claim to be, or be seen as, the most advanced, enlightened devotees, and thus destabilize power structures."

3 - Raganuga Bhakti has nothing to do with eroticism. Externally it does not change anything at all. It is not that the devotees start to dress with Saris. It is an internal practice. Externally it's the same thing. It means that the devotee serve internally. And this does not change the external practice at all. The more service the better. 

If we say that Raganuga is only a detail and it is not essential. But if our external practice does not change, why don't do it? The more service the better.

4 - If unqualified devotees promote something (they divulge other things as well) this does not change the fact that when a devotee publishes things about Raganuga Bhakti (only for devotees and not for the general public), it is not because he wants to be better than others, but because he wants to divulge, share achievements for the benefit of all. 

5 - Regarding the Rasa of Srila Prabhupada, we do not have to define or speculate this to practice Raganuga on Iskcon. Srila Prabhupada was very discreet in this sense (although it seems that at some point he has defined this). But it is sufficient that the devotee be inspired as being his Guru an associate of Krsna as Subala, or Rupa Manjari, etc. As Uttamasloka Dasa Prabhu explains.

And Srila Prabhupada expect his followers to advance in this regard.

"Vaidhī-bhakti, that is apprenticeship. Real bhakti, parā-bhakti, that is rāgānugā-bhakti. This rāgānugā-bhakti, we have to come after surpassing the vaidhī-bhakti." 

(Srila Prabhupada - Lecture on SB 1.2.33 -- Vrndavana, November 12, 1972)

And Srila Prabhupada explains that Raganuaga Bhakti is not only to serve with the external body (it's only half the process), but also to serve internally.

"At that stage the devotee can follow in the footsteps of one of the eternal associates of Kṛṣṇa in Vṛndāvana. This is called rāgānuga-bhakti." 

[Srila Prabhupada - Upadesamrta 8]

6 - Regarding Sahajiya eroticism communities based on esoteric ecstatic experience.

That is not so.

There was an individual named Rupa Kaviraja (not our Rupa Gosvami) who proclaimed that we should, with the external body, dress like a Gopi and show all the ecstasies and esoteric symptoms.

But this is a speculation that has nothing to do with the authentic internal process of Raganuga Bhakti taught by Sri Caitanya and His associates.

Srila Prabhupada Ki Jaya !!!