sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Lagarta e Vespa

"Uma lagarta confinada em um buraco de um muro por uma vespa sempre pensa na vespa com medo e inimizade e mais tarde se torna uma vespa simplesmente por causa de tal lembrança."
(SB 7.1.28-29)
O Sādhaka alcançará o corpo no qual medita durante o Sādhana.
Se não medita em nada, não alcança nada.
Existe uma espécie de vespa (as vespas pertencem a mesma classificação das abelhas) que coloca seus ovos numa lagarta.
"Cuando una abeja encierra en el hueco de un muro a una oruga, ésta piensa siempre en la abeja con miedo y sentimientos hostiles. En el futuro, y tan sólo por ese recuerdo, se convierte en abeja."
(SB 7.1.28-29)
El Sādhaka alcanzará el cuerpo en lo cual medita durante el Sādhana.
"A grassworm confined in a hole of a wall by a bee always thinks of the bee in fear and enmity and later becomes a bee simply because of such remembrance."
(SB 7.1.28-29)
The Sādhaka will reach the body in which he/she meditates during Sādhana.
If you do not meditate at all, will not achieve anything.