sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Para haver mais misericórdia é preciso esforço pessoal

Misericórdia ou Esforço Pessoal? 
Para avançar em Bhakti os dois são necessários !!! Os dois dedos.
"Se Yasoda, com o desejo de fazer o bem para o seu filho, e sendo teimosa, não desistiu de sua tentativa de amarrar o Senhor, então entre o Senhor e o devoto, a teimosia do devoto prevalece.
Assim, ao ver Sua mãe tornar-se cansada, o Senhor deixou Sua própria teimosia, e pela Sua misericórdia permitiu que fosse amarrado. 
Sua misericórdia é a rainha de todas as Saktis, iluminando tudo. 
Ela derrete o coração do Senhor, como se fosse manteiga. Quando a misericórdia se manifesta o Satya Sankalpa e a Vibhuta Sakti desaparecem de repente. 
A falta de dois dedos de corda foi preenchida pelo esforço e pela misericórdia (Krpa). 
O esforço e fadiga devido ao serviço e adoração (a fé constante do devoto, ou Bhakta Nistha), e a misericórdia do Senhor que aparece decorrente de ver este esforço e fadiga (a qualidade constante do Senhor, ou Sva Nistha), estes dois fizeram com que o Senhor fosse amarrado. 
Se estes dois não estão lá (esforço pessoal e misericórdia), a corda permanece dois dedos mais curta. 
Quando estes dois estão lá, o Senhor é amarrado. O próprio Senhor mostrou a Sua mãe como só o amor pode prendê-lo. Isto é o que ilustra este passatempo.
Embora Ele possua todos os poderes possíveis, o Senhor, sendo controlado por Prema, é amarrado. Esta subjugação, no entanto, sendo o aspecto mais surpreendente do Senhor, torna-se no Seu ornamento, e não na Sua falha."
(Do comentário Sarartha Darsini Tika do 10ºCanto - Srimad Bhagavatam de Srila Visvanatha Cakravarti Thakura) 
Começa com misericórdia, mas depois para haver mais misericórdia é preciso esforço pessoal.
Mercy or Personal Effort? 
To advance in Bhakti, both are needed !!! The two fingers.
"If Yasoda, with desire to do good to her son, and being stubborn, would not give up her attempt to bind the Lord, then between the Lord and the devotee, the devotee’s stubbornness prevails.
Thus, seeing His mother becoming tired, the Lord gave up His own stubbornness, and by His mercy allowed Himself to be tied. His mercy is the king of all saktis, illuminating all else. It melts the heart of the Lord as if it were butter. Mercy’s appearance made the satya sankalpa and vibhuta saktis suddenly disappear. The shortage of two fingers was filled by effort and mercy (krpa). The effort and fatigue due to service and worship (the steady faith of the devotee, or bhakta nistha), and the mercy of the Lord arising from seeing that effort and fatigue (the steady quality in the Lord, or sva nistha), these two caused the Lord to be bound. As long as these are not there, the rope remains two fingers too short. When these two are there, the Lord is bound. The Lord himself showed to His mother how only love can bind him. This is what the pastime illustrates.
Though He possesses all possible powers, the Lord, being controlled by prema, is bound up. This bondage, however, being the most astonishing aspect of the Lord, becomes His ornament, not His fault.”
(Sarartha Darsini Tika - Commentary of Canto 10.9 - Srimad Bhagavatam by Srila Visvanatha Cakravarti Thakura)
It begins with mercy, but then, for more mercy it requires personal effort.