domingo, 27 de setembro de 2015

Desejando alguma etapa perfeita

Foto: Samadhi de Srila Prabhupada em Vrndavana.
Um devoto, um verdadeiro devoto nunca pensa:
"Oh Krsna! Venha diante de mim para eu ver-Te e satisfazer os meus olhos e o meu anseio interno."
O que um verdadeiro devoto pensa é:
"Oh Krsna! Vêm que eu quero servir-Te" (ou como Dasa, ou Sakha, ou Gopa ou Gopi de acordo com a inclinação do devot@)
aslisya va pada-ratam pinastu mam
adarsanan marma-hatam karotu va
yatha tatha va vidadhatu lampato
mat-prana-nathas tu sa eva naparah
8) "Não conheço ninguém além de Krsna como o meu Senhor, e Ele sempre o será mesmo que me trate de forma um tanto bruta ao me abraçar ou que parta o meu coração por não estar presente diante de mim. Ele é completamente livre para fazer qualquer coisa, pois sempre será o meu Senhor adorável incondicionalmente."
Uma coisa é querer estar na presença de Krsna para desfrutar e outra muito diferente é por querer servi-Lo de acordo com a inclinação pessoal.
Mais, desejar uma etapa perfeita em sua Rasa específica é prova de submissão.
Prabhupada explica no Néctar da Devoção:
"SUBMISSÃO
No Skanda Purana há uma passagem sobre a submissão aos pés de lótus do Senhor. Diz-se aí que aqueles que são devotos sábios podem oferecer a sua submissão a Krsna em uma das seguintes formas:
1. samprārthanātmikā, ou oferecendo orações com grande sentimento;
2. dainyavodhikā, ou oferecendo-se a si mesmo humildemente com submissão;
3. lālasāmayī, ou desejando alguma etapa perfeita.
Este desejo de alcançar uma etapa perfeita na vida espiritual não é gratificação dos sentidos. Quando percebemos alguma coisa da relação constitucional que temos com a Suprema Personalidade de Deus, compreendemos a nossa posição original e desejamos reitegrar-nos nesta posição, quer como amigos, servos, pais ou amante conjugal de Krsna. Isto é chamado de lālasāmayī, ou um desejo intenso de ir para a sua posição natural. Esta etapa lālasāmayī de submissão chega na etapa [Bhava Bhakti] de liberação perfeita, o que é tecnicamente chamado de svarūpa-siddhi, quando o ser vivo compreende, devido a um avanço espiritual perfeito e revelação, sua relação original com o Senhor."
Todas as glórias ao Raganuga Bhakta mais exaltado de sempre, Sua Divina Graça AC Bhaktivedanta Swami  Prabhupada !!!
Sendo que Lobha é a avidez inicial por servir em uma Rasa específica durante Raganuga Sadhana Bhakti e Lalasamayi é a avidez de servir em uma Rasa específica no estágio avançado de Bhava Bhakti.
Quando dizemos que Prabhupada é um Raganuga Bhakta é no sentido de que explica tudo em seus livros e ensinamentos sobre Raganuga Sadhana Bhakti. Na verdade, Srila Prabhupada é um Premika Bhakta. Muito além dos Sadhaka Bhaktas (Vaidhi e Raganuga) e Bhavuka Bhaktas.
Uma vez que existem três tipos de Bhakti, existem três tipos de Bhaktas:
1 - Sadhaka Bhaktas (Vaidhi e Raganuga)
2 - Bhavuka Bhaktas
3 - Premika Bhaktas
Foto: Samadhi de Srila Prabhupada, Vrndavana.
Un devoto, un verdadero devoto nunca piensa:
"¡Oh Krsna! Ven y párate ante mí para poder verte y satisfacer mis ojos y mi anhelo interno"
Lo que un verdadero devoto piensa es:
"¡Oh Krsna! Ven que Te quiero servir" (o como Dasa, o Sakha, o Gopa, o Gopi segun la inclinacion del devot@)
aslisya va pada-ratam pinastu mam
adarsanan marma-hatam karotu va
yatha tatha va vidadhatu lampato
mat-prana-nathas tu sa eva naparah
8) "No conozco a nadie más que a Krsna como mi
señor y Él lo seguirá siendo aunque me maltrate con su
abrazo o me destroze el corazón al no estar presente
ante mí. Él es completamente libre de hacer lo que
quiera conmigo pues Él es siempre mi Señor adorable
sin ninguna condición."
Una cosa es querer estar en la presencia de Krsna pa disfrutar y otra muy diferente es por querer servirLe segun la inclinacion de uno.
Mas, desear alguna etapa perfecta en su Rasa especifica es prueba de SUMISIÓN.
Prabhupada explica en el Nectar de la Devocion:  
"SUMISIÓN
En El Skanda Purāṇa existe un pasaje sobre la sumisión a los pies de loto del Señor. Se dice ahí que todos los que son devotos sensatos pueden ofrecer su sumisión a Kṛṣṇa de las siguientes tres maneras:
1. samprārthanātmikā, u ofreciendo oraciones con mucho sentimiento;
2. dainyavodhikā, u ofreciéndose uno humildemente con sumisión;
3. lālasāmayī, u DESEANDO ALGUNA ETAPA PERFECTA.
Este deseo de alcanzar alguna etapa perfecta en la vida espiritual NO ES COMPLACENCIA DE LOS SENTIDOS. Cuando nos damos cuenta de algo de la relación constitucional que tenemos con la Suprema Personalidad de Dios, comprendemos nuestra posición original y DESESAMOS reintegrarnos a esa posición, ya sea como amigos, sirvientes, padres o amantes conyugales de Kṛṣṇa. Eso se llama lālasāmayī, o UN ARDIENTE DESEO DE IR A LA POSICIÓN NATURAL DE UNO. Esa etapa lālasāmayī de sumisión llega en la etapa [Bhava Bhakti] de la liberación perfecta, que técnicamente se llama svarūpa-siddhi, cuando el ser viviente comprende, debido a un avance espiritual perfecto y a la revelación, su relación original con el Señor."
Todas las glorias al mas exaltado Raganuga Bhakta de siempre, Su Divina Gracia Srila AC Bhaktivedanta Swami Prabhupada !!!
Siendo que Lobha es la ansia inicial por servir en una Rasa especifica durante Raganuga Sadhana Bhakti y Lalasamayi es la ansia de servir en una Rasa especifica en la etapa avanzada de Bhava Bhakti.
Cuando se dice que Prabhupada es un Raganuga Bhakta es en el sentido que explica todo en sus libros y enseñanzas acerca de Raganuga Sadhana Bhakti. En verdad, Srila Prabhupada es un Premika Bhakta. Mas alla de los Sadhaka Bhaktas (Vaidhi y Raganuga) y Bhavuka Bhaktas.
Como hay tres tipos de Bhakti, hay tres tipos de Bhaktas:
1 - Sadhaka Bhaktas (Vaidhi y Raganuga)
2 - Bhavuka Bhaktas
3 - Premika Bhaktas
Photo: Samadhi of Srila Prabhupada, Vrndavana.
A devotee, a true devotee never thinks:
"Oh Krsna! Come and stand before me, so I can see you and please my eyes and my inner yearning"
What a true devotee thinks is:
"Oh Krsna! Please, come I want to serve You" (as Dasa, or Sakha or Gopa or Gopi according to the devotee inclination)
aslisya va pada-ratam pinastu mam
adarsanan marma-hatam karotu va
yatha tatha va vidadhatu lampato
mat-prana-nathas tu sa eva naparah
8) "I know no one but Krsna as my Lord, and He shall remain so even if He handles me roughly by His embrace or makes me brokenhearted by not being present before me. He is completely free to do anything and everything, for He is always my worshipful Lord unconditionally."
One thing is wanting to be in the presence of Krsna to enjoy, another thing is  wanting to serve Him according to the individual inclination. And this is how the devotee "enjoys".
In fact,  wanting the perfect stage of specific Rasa is proof of submission.
Prabhupada explains in Nectar of Devotion:
"Submission
In the Skanda Purāṇa there is a statement about submission unto the lotus feet of the Lord. It is said there that those who are sober devotees can offer their submission to Kṛṣṇa in the following three ways: 
(1) samprārthanātmikā, very feelingly offering prayers; 
(2) dainya-vodhikā, humbly submitting oneself; 
(3) lālasā-mayī, desiring some perfectional stage. 
This desiring some perfectional stage in spiritual life is not sense gratification. When one realizes something of his constitutional relationship with the Supreme Personality of Godhead, he understands his original position and wants to be reinstated in this position, either as friend, servant, parent or conjugal lover of Kṛṣṇa. That is called lālasā-mayī, or very eagerly desiring to go to one's natural position. This lālasā-mayī stage of submission comes in the stage [Bhava Bhakti] of perfect liberation, which is technically called svarūpa-siddhi, when the living entity understands, by perfect spiritual advancement and revelation, his original relationship with the Lord."
All glories to the more exalted Raganuga Bhakta forever, His Divine Grace AC Bhaktivedanta Swami Srila Prabhupada !!!
Wherein Lobha is the initial eagerness to serve in a specific Rasa during Raganuga Sadhana Bhakti and Lalasamayi is eagerness to serve in a specific Rasa in the advanced stage of Bhava Bhakti.
When we say that Prabhupada is a Raganuga Bhakta is in the sense that he explains everything in his books and teachings about Raganuga Sadhana Bhakti. Indeed, Srila Prabhupada is a Premika Bhakta. Beyond the Sadhaka Bhaktas (Vaidhi and Raganuga) and Bhavuka Bhaktas.
As there are three types of Bhakti, there are three types of Bhaktas:
1 - Sadhaka Bhaktas (Vaidhi and Raganuga)
2 - Bhavuka Bhaktas
3 - Premika Bhaktas