quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Os dois métodos fortalecem um ao outro

Foto: Em busca do Néctar.
"Com o cantar a alegria da meditação cresce; com a meditação a doce alegria do cantar cresce. Em nossa própria experiência, os dois métodos fortalecem um ao outro, e são portanto um só."
Comentário de Srila Sanatana Goswami:
"O parecer dos mensageiros do mundo espiritual é que ambos, meditação e cantar são vantajosos. Os dois métodos apoiam um ao outro, e porque um ou o outro podem ser o mais adequado em diferentes momentos, lugares e circunstâncias, a sua dependência mútua não deve ser motivo de confusão. Qualquer um deles pode ser feito separadamente, mas nenhum dos dois, no final, está completo sem o outro. Independentemente de qual deles serve como causa ou como efeito, os dois não são em essência diferentes."
 (Brhad Bhagavatamrta 2.3.153)
Photo: In search of Nectar.
"By sankirtana the joy of meditation grows, and by meditation the sweet joy of sankirtana. In our own experience, the two methods fortify one another and are therefore actually one."
Commentary of Srila Sanatana Goswami:
"The Vaikuntha messengers' own opinion is that both meditation and sankirtana are advantageous. The two methods support one another, and because one or the other may be more suitable in different times, places, and circumstances, their mutual dependence should not be a cause of confusion. Either may be done separately, but neither, in the end, is complete without the other. Regardless of which serves as the cause and which the effect, the two are essentially nondifferent."
 (Brhad Bhagavatamrta 2.3.153)
Foto: En busca del Néctar.
"Con el cantar la alegría de la meditación crece; con la meditación la dulce alegría del cantar crece. En nuestra propia experiencia, ambos métodos se refuerzan mutuamente, y son por lo tanto solo uno."
Significado de Srila Sanatana Goswami:
"La opinión de los mensajeros del mundo espiritual es que tanto la meditación y el canto son ventajosos. Ambos métodos se apoyan entre sí, y por qué uno u otro puede ser lo más adecuado en diferentes momentos, lugares y circunstancias, su dependencia mutua no debe ser motivo de confusión. Cualquiera de ellos se puede hacer por separado, pero al final ninguno de los dos es completo sin el otro. Sin importar cuál sirve como causa o efecto, los dos no son diferentes en esencia."
(Brhad Bhagavatamrta 2.3.153)